Pré-ajuizamento: Uma forma ágil para a solução de conflitos.


O Poder Judiciário, sofre em razão da quantidade gigantesca de processos ajuizados anualmente, buscar alternativas ao litígio pode atenuar esse problema, o caminho traçado por diversos outros países, adotando métodos alternativos de solução de conflitos é um deles. O referido método já ganhou bastante espaço em solo brasileiro e tem sido uma prática comum que busca com isso evitar várias demandas judiciais e evitar que determinados tipos de controvérsias sejam resolvidos na justiça.


Os métodos alternativos de solução de conflito são chamados de “alternativos” porque não suprimem a atuação do Poder Judiciário, representando apenas mais uma escolha para o cidadão. É importante explicar que são consensuais porque a solução do conflito não é imposta e sim, fruto da vontade de ambas as partes.


Os métodos mais conhecidos no País são a mediação e a conciliação, que podem ser utilizadas antes ou depois do ajuizamento do processo. Por meio deles, pessoas físicas, organizações e empresas podem resolver os seus problemas sem que seja necessário levá-los às vias judiciais resultando assim em um acordo que deve ser benéfico a todos.


Diante deste cenário e no intuito de reduzir ainda mais as custas com processos e honorários inicias advocatícios, a negociação pré-judicial, pode ser um diferencial disponibilizado por escritórios de advocacia bem conceituados, uma alternativa muito vantajosa para ambas as partes envolvidas buscando uma resolução amigável e consequentemente evitando o acionamento do Judiciário.


No caso da cobrança judicial realizada pela André de Sá Advogados, especialista em cobrança judicial, o contato com o cliente inadimplente, pode ocorrer antes do ajuizamento, verificando o interesse do devedor em solucionar o débito na esfera extrajudicial.


A negociação pré-judicial eleva as chances de solucionar o conflito de forma mais rápida e sem tanto desgaste para as partes, seja ele físico, econômico e emocional, além de oportunizar a preservação do relacionamento dos envolvidos, como também pode reduzir o acúmulo de processos no Judiciário.

Dentre as principais vantagens que podemos destacar nesta etapa de negociação estão:


  • Agilidade: Acionamento rápido e com equipe especializada em recuperação de crédito.

  • Sequência do serviço: Em caso de não recebimento do crédito, o processo segue para etapa de análise da viabilidade e posterior ajuizamento.

  • Acompanhamento online: Todo o serviço realizado (extrajudicial e judicial) pode ser acompanhado 24h.


Sem dúvidas, em um âmbito geral, o sistema é muito eficaz e traz benefício substancial tanto às partes envolvidas, quanto ao Judiciário.


Dúvidas sobre o serviço de pré-ajuizamento? Nossa equipe está a disposição para auxiliá-lo.

WhatsApp: (47) 99160-6085


#arbitragememediacao #direitoprocessual #solucaodeconflito





15 visualizações0 comentário